O regresso às aulas está aí à porta! 

Estamos a menos de uma semana da rotina escolar começar e já só vemos cadernos, dossiers, canetas, réguas e afins por todo o lado! 

Este é dos meses mais difíceis para os pais. Senão mesmo o mais difícil. 

Financeiramente falando. 

Isto porque as férias já foram, já despenderam alguma verba para proporcionar aos filhos uns bons dias e para aproveitarem o descanso que bem merecem, e agora, que é tempo de voltar ao trabalho e recomeçar a amealhar para umas próximas férias… lá vem o mês dos livros escolares, do material escolar… 

É ou não é um mês complicado? 

Não há supermercado e loja da especialidade que não faça grandes promoções, campanhas, descontos, facilidades. Mas ainda assim, é difícil para a grande maioria dos pais, conseguir suportar este mês com tanta despesa sem abalar a estabilidade familiar. É a velha história. Para se poder ter umas coisas, e as escolares são essenciais, há que privar de outras, muitas vezes também fundamentais e de primeira necessidade. 

Lá nisso, o nosso Estado, podia contribuir um pouco mais. Os estudos dos nossos jovens, os adultos do futuro, são essências! 

A juntar à azáfama dos pais para que nada falte… junta-se a (quase) “depressão” dos filhos, por estarem a poucos dias de voltar às aulas. Ninguém gosta. Nós também não gostávamos, quando tínhamos a idade deles! 

Gostam de rever os colegas, dos intervalos, mas aulas propriamente ditas…tenho a certeza de que a maioria dispensava.  

Pois é meus amigos, mas tem de ser. É do vosso futuro que se trata! Toca a estudar e a empenharem-se ao máximo. Por vocês! 

Bom Ano Letivo a todos!