Hoje decidi falar-vos deles aqui, porque é nas mãos deles que estamos durante todo o verão.

Trabalho de extrema importância que merece ser louvado. 

Falo-vos dos Nadadores Salvadores!

Esta é a altura do ano deles. Praias cheias, gente a banhos dias inteiros, e os olhos não podem sair do mar! 

São trabalhadores com várias funções. Não basta saber nadar ou ir buscar alguém em apuros. Há que saber primeiros socorros, manobras de salvamento e muitas outras coisas. Não é uma tarefa simples como muitos pensam. 

Têm cursos apropriados e que têm de se renovar a cada ano. Porque tudo vai mudando, todas as regras vão sendo diferentes e todos os cidadãos são poucos quando se fala de salvar vidas. 

Mais ainda, quando muitos veraneantes decidem arriscar a vida como tanto se vê nas praias. 

Não são poucas as vezes que se vê por aí, gente que mesmo não sabendo nadar, ou estando em plena digestão, lá arrisca uma banhoca com o mar mais revolto ou mais demorada… 

E lá têm de estar os “salvadores” sempre a postos, de olhos bem abertos e com toda a atenção para que nada falhe. 

Em praias como aquela a que estou habituado, Porto Santo, a trabalho é pouco felizmente, porque o mar é na maioria dos dias, calmo e tranquilo. Mas ainda assim, lá estão eles, sempre em cima do acontecimento! 

Nada de distrações, que as praias precisam de vocês! 

Bom trabalho, rapazes e raparigas!