O São Pedro continua a estar bem disposto nuns dias, e noutros nem tanto. 

Anda indeciso, ou mesmo zangado? 

Hoje o termómetro marca 28º. Mas ontem choveu. 

Desde o início da primavera que isto tem sido uma confusão no que diz respeito ao estado do tempo. Já tivemos dias de muito calor, mas também temos tido (mais até) muitos dias de frio e chuva. E o pior é que tem sido de repente. Ora está frio, ora está calor, ora chove… 

É verdade que é muito aborrecido não sabermos bem o que vestir, porque de manhã está muito frio, e agasalhamo-nos, mas depois durante o dia aquece e temos calor com a roupa que escolhemos. Mas se vestimos uma coisa fresca, de manhã morremos de frio e ao fim do dia voltamos a bater o dente. Mas esse, não é o maior dos nossos dilemas.

O grande problema, é que a nossa saúde, e o nosso organismo, se ressentem e muito, com tudo isto. 

Podemos não dar por isso, mas estas alterações climáticas têm um enorme impacto negativo em nós. 

A começar pelo nosso humor, que é obviamente alterado, passando pelas chatas e persistentes constipações, quem mais sofre é o nosso sistema imunitário, que ficando mais em baixo, nos deixa mais susceptíveis de apanhar doenças, principalmente nas crianças, idosos, e doentes crónicos. 

As alterações bruscas de temperatura agravam tudo o que é alergias e rinites. 

São perigosas ainda para o nosso coração… as alterações de frio e calor fazem com que o nosso sangue espesse e as artérias consequentemente ficam contraídas.  Resumindo… pessoas que sofrem de problemas respiratórios ou cardíacos, sofrem ainda mais com este tempo que não se decide. 

Isto são apenas algumas das peripécias que nos traz esta inconstância do estado do tempo. 

E para além de tudo isto, já merecíamos uma primavera em pleno e um verão cheio de sol. Não concordam! 

Alguém tem contacto privilegiado com o São Pedro? Quem tiver…que interceda por todos nós!