Feliz Dia da Mulher

Hoje comemora-se o dia da mulher!

Antes de qualquer outra consideração deixo expressa a minha gratidão às três mulheres que me amam diariamente. A Filipa, a Mariana e a Madalena.

Já lá vão muitos anos que se iniciaram as manifestações contidas neste dia. Sec. XIX imaginem…

Começaram de modo mais vincado em 1909, na sequência da luta pela igualdade e pelo direito de voto, melhores condições de vida e de trabalho das mulheres.

A partir daí…nunca mais deixou de se comemorar pelo mundo fora. 

Ao longo dos anos, este dia tem vindo até, a ganhar mais força, cada vez com inúmeras iniciativas. 

Mas é aqui que as opiniões divergem, mesmo entre as mulheres. 

Umas defendem que é mais que justo, um dia dedicado só às mulheres, uma vez que são tidas como a parte mais fraca da sociedade. Então, há que as homenagear anualmente neste dia especial. 

Outras porém, acham mesmo que este dia é ridículo. Que se querem a igualdade, não têm de se sentir privilegiadas ou especiais num dia só.  

Mas podemos ir ainda mais além… há muitas mulheres, para quem esta comemoração é completamente indiferente. Sabem o seu valor e não precisam de um dia que o lembre. 

Mas também há, bem sabemos, mulheres para quem este dia é imprescindível. Que ficam sentidas se não lhes dão um abraço especial. 

Cartaz do filme “As Sufragistas” (2015), que retrata a luta da mulher. O filme passa-se em Londres, no início do século XX, e retrata o crescimento das aparições em público das sufragistas, mulheres que resistiam à opressão de forma passiva, mas, a partir do momento em que começam a encarar uma crescente agressão da polícia, decidem rebelar-se publicamente.

E vocês desse lado, que me dizem?

Este é de facto um dia fundamental para as mulheres, ou dia da mulher é todos os dias? 

Seja como for, desejo a todas um feliz dia!

Não esquecendo a minha mãe. 

Feliz dia, mãe! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *