7 de Março de 1957 começaram as emissões na RTP. A estação de todos os portugueses. 

60 anos, é uma vida. Dá para escrever muita história, e esta nossa televisão tem muita história sim. 

Com a Sónia Araújo, a senhora Fernanda Meneses com nasceu no mesmo dia e ano da RTP, o Carlos Daniel, a Campeã e medalhada com ouro Olímpico Fernanda Ribeiro e o Hugo Gilberto.

Momentos magníficos, momentos menos bons, erros, programas de excelência, programas que não resultam, outros de sucesso, programas que marcam… tudo faz parte da RTP. 

E é de todos estes momentos, bons e maus, que se constrói a história de uma televisão que faz parte da vida de todos nós. 

Com o passar dos anos foram surgindo outros canais, os privados, mas nessa altura a RTP já tinha uma vida de 40… muita experiência, e um lugar bem marcado na vida do nosso país. 

Ao longo destas 6 décadas, acompanhou sempre, momentos incríveis de política, de guerra no mundo, de desporto…em todas as áreas, a RTP tem feito questão de se manter presente com a classe e o profissionalismo que se lhe conhece. 

Ao longo dos últimos dias, esta minha segunda casa, tem feito emissões especiais a fim de comemorar este aniversário. 

Domingo celebrámos, numa gala cheia de glamour, o nosso aniversario e o festival da canção. Ontem, foi um dia aberto nas instalações de Lisboa, a casa mãe, e quinta será o dia aberto na RTP Porto. 

Hoje, cantaremos os parabéns por estes 60 anos de vida. 

Eu tenho 16 anos nesta casa, já me sinto parte da “mobília”, parte desta família. E com muito orgulho o digo, vos garanto! 

Com o mestre Ruy de Carvalho.

Do Preço Certo, ao Quem Quer ser Milionário, Natal dos Hospitais, e a eterna Praça da Alegria, entre tantos outros.

Espero que desse lado, continuem a acompanhar-nos, diariamente, aqui e pelo mundo fora!