Como vocês sabem, eu estou envolvido em muitas causas e falo delas frequentemente aqui no blog. Muitas vezes as pessoas perguntam-me como ajudar, mesmo sem estarem directamente envolvidos em associações, e garanto-vos que é muito mais fácil do que parece.

Há muitas pessoas que não têm disponibilidade para serem voluntárias ou ajudarem as associações que conhecem sempre que estas precisam, mas há outras formas de dar uma mãozinha.

Todas as causas em que estou envolvido são muito importantes para mim, por variadas razões, e acho que este é um bom ponto de partida para quem quer saber como ajudar: perceber quais as associações ou iniciativas que têm mais a ver consigo e com as suas preocupações.

A partir do momento em que percebem isto, podem manter-se atentos a campanhas e ajudarem pontualmente quando podem e querem.

Outra coisa que podem fazer é ajudar a divulgar acções e campanhas. Por muito que o tempo por vezes nos seja escasso, é muito rápido fazer um share de uma campanha numa rede social, e só por estarmos a divulga a informação garanto-vos que já estamos a ajudar e muito!

E, claro, quando existem situações de emergência podemos e devemos ajudar pontualmente aqueles que mais necessitam.

No fundo, penso que o importante é fazermos o que podemos por quem podemos. Muitas vezes não temos que sair da nossa rua para ajudar alguém.

Desde associações de ajuda social, a associações culturais, ou abrigos de animais e iniciativas ecológicas, a nossa ajuda é muito necessária. É claro que não podemos ajudar todas, mas ao escolhermos algumas que são importantes para nós já estamos a fazer a nossa parte e a tornar o mundo um bocadinho melhor.

 

Leiam também: