Os fogos em Portugal são uma das maiores catástrofes ambientais e humanas que temos vindo a enfrentar nos últimos tempos, e os nossos bombeiros têm sido uns verdadeiros heróis!

Eu sei que nos últimos dias todos temos uma opinião e alguma coisa a dizer, mas face a estas notícias quem é que consegue ficar calado? Quem é que consegue esconder a revolta e a preocupação? Quem é que não pensa que as penas para o crime de fogo-posto deviam ser mais pesadas, que os nossos bombeiros merecem muito melhores condições laborais e que merecem ser muito mais reconhecidos do que são?

Eu tive e tenho bombeiros na família, e digo-o com um misto de pesar e de orgulho! Pesar, porque todos sabemos os perigos a que os nossos bombeiros se sujeitam sempre que saem do quartel para combater o fogo. Orgulho, muito orgulho, porque estes homens e mulheres enfrentam um inimigo poderosíssimo sem muito mais do que um fato de protecção (que muitas vezes nada pode) e muita coragem!

O meu tio João Fialho foi comandante dos Bombeiros Voluntários de Moura, e ainda hoje tenho família na corporação. E nestes meses do ano fico sempre com um aperto no coração a pensar quando será que vão começar a sair as notícias de que esta e aquela parte do país estão em chamas.

Nos últimos dias as notícias têm sido devastadoras! A “minha” ilha da Madeira, o “meu” Funchal, o “meu” Portugal a serem devastados pelo fogo e nós a vermos tudo isto na televisão, sem poder fazer nada. É uma sensação de impotência terrível, mas depois vejo os bombeiros em acção e sinto uma pontinha de esperança. Enquanto houver homens e mulheres assim, maiores do que eles próprios, Portugal ainda tem uma frente de combate de meter medo.

Há várias formas de ajudar os bombeiros no nosso país e pedia-vos vivamente que o fizessem! Os Bombeiros Voluntários de Coimbra, por exemplo, estão a aceitar doações de água, fruta e leite para distribuírem pelos operacionais no terreno. Além disso, é muito fácil tornarem-se sócios das corporações das vossas cidades, e acreditem que todos os cêntimos ajudam!

Vamos todos ajudar os nossos heróis?

 

Leiam também: