O Prince morreu a semana passada e acho que ainda não processei bem a notícia. Há músicos que nós achamos que são de sempre e para sempre, intemporais e imortais. Mas se existe consolação para a perda de mais um grande artista, podemos encontrá-la na música.

Deixou-nos um repertório repleto de clássicos, num espectro musical vasto que foi do funk ao hard-rock. E um desses clássicos é Purple Rain, que faz parte do filme com o mesmo nome que saiu em 1984, onde Prince faz o papel do músico The Kid.

Ainda hoje fico arrepiado quando ouço o solo de guitarra, que é um dos mais marcantes da história da Pop.

A música esteve em segundo lugar nos tops americanos durante duas semanas e arrisco-me a dizer que é a sua música mais conhecida.

Nesta música Prince e a banda The Revolution estavam no seu melhor, com uma orquestração fantástica e uma letra mais poética a que estávamos habituados. Prince explicou que a música era uma descrição de um casal que é guiado pelo amor por entre a chuva púrpura do apocalipse. A letra, assim, faz bastante sentido:

You say you want a leader But you can’t seem to make up your mind I think you better close it And let me guide you to the purple rain

O que foi mais impressionante neste artista, e isso foi muito visível com a sua morte, foi a forma como conseguiu chegar a tantas gerações, a tantas pessoas diferentes! Nos vídeos de concertos vemos fãs de várias idades e duvido muito que haja alguém que não saiba pelo menos trautear o refrão:

Purple rain, purple rain Purple rain, purple rain Purple rain, purple rain I only wanted to see you Underneath the purple rain

Prince foi um músico fora do comum e sabemos que aquilo que o movia era mesmo o amor à música! Colaborou com imensos artistas e escreveu música para outros tantos, muitas vezes usando pseudónimos para que não se soubesse que era ele o criador.

Hoje quero relembrar a grande música que é Purple Rain e o grande músico que foi Prince. Deixo-vos um vídeo da actuação na SuperBowl, o grande campeonato de Futebol Americano, em 2007. É um momento arrepiante e mostra de que fibra ele era feito.

Prince, deixaste saudades!

Leiam também: