Sou padrinho da organização Floresta Unida e, em Outubro do ano passado, tive o grande prazer de estar com eles numa iniciativa na Serra da Lousã. Este evento fazia parte de um programa de recuperação de ecossistemas florestais e passou por limpar aquele que ficou conhecido como o Bosque RTP.

Esta organização não tem fins lucrativos e luta pela recuperação e manutenção dos ecossistemas florestais em alguns países, como Portugal, Espanha, França, Itália e o Chile.

Entre as suas acções posso apontar as sessões de sensibilização para a consciência ecológica, o apoio à investigação e as acções de reflorestação do solo nacional, algo que fazem anualmente.

Infelizmente, Portugal é um país onde os fogos florestais são a regra e nunca a excepção. Todos os verões o flagelo das chamas invade as nossas florestas e isso é gravíssimo, uma vez que põe em risco a fauna e a flora autóctones, podendo mesmo colocar espécies em vias de extinção.

Esta associação tem vindo a desenvolver um trabalho louvável na educação para o respeito pela natureza e actuando no campo, também.

É muito importante alertar as pessoas para esta situação e Floresta Unida tem sido crucial nesta luta. Ajudar é muito fácil e há tantas formas de o fazer que com certeza toda a gente encontra uma para si. Nem que seja pelo acto de passarem a mensagem de que a Floresta Unida já estão a ajudar um bocadinho!

Venham ajudar a salvar as florestas de Portugal!